Coma Cluster




Aglomerado Coma é a designação dada a um aglomerado de milhares de galáxias situado a uma distância da Via Láctea de aproximadamente 300 milhões de anos-luz e com uma extensão de vários milhões de anos-luz.
Este aglomerado apresenta algumas características que o tornam muito diferente da maioria dos aglomerados conhecidos. No Aglomerado Coma a maioria das galáxias são elípticas, sem estrelas novas, quentes e azuis. Por outro lado, o conteúdo estelar identificável do aglomerado atinge apenas cerca de 2% da sua massa dinâmica. Além disso, descobriu-se que uma fracção substancial (cerca de 10%) da massa total do aglomerado está na forma de gás quente emitindo raios X. Assim, o conteúdo total sob a forma de matéria luminosa é de apenas 12% da sua massa total. Os restantes 88% da sua massa são (pelo menos por enquanto) invisíveis e a sua natureza tem sido alvo de grande especulação.


Interessante, não? Pois bem, cientificismos à parte, o nome da banda (que na verdade, é um projeto musical de um homem só) é importado diretamente deste famoso superaglomerado. Não sei muitas informações além disso acerca dele, além do líder do projeto ser um norte-americano de nome Chris, e seu myspace ter sido fundado em 2007 e ter lançado, até então, um EP (Extrasolar) e um full-length (que leva o nome do projeto) em 2009, além de um EP à vista em 2010.

Isso pode dar a impressão de que o post aqui se trata de alguo tosco, primitivo e ainda carente de lapidação, mas aí que reside um torpe engano. Claro, apesar de ser um projeto ainda jovem e não ser nada transcendental, revolucionário e altamente original, o Coma Cluster entrega um Post-Rock com toques leves de Shoegaze e Ambient altamente honesto e agradável de se ouvir, suas músicas calcadas em construir atmosferas siderais que vão evoluindo em explosões supernóvicas (?) com o passar do tempo, tornando-as verdadeiras viagens épicas para recantos longíquos e insondáveis do cosmos.

Deixo aqui o primeiro EP, intitulado Extrasolar, pois é o meu trabalho favorito até o momento. Sei bem que o número de bandas de Post-rock eclodindo pela Terra a fora é mais do que ela mesma deve ser capaz de suportar, o que dá origem a cópia das cópias das cópias e que acabam por saturar o gênero, fato que pode fazer alguns torcerem o nariz para este post, porém, penso que esse trabalho aqui é uma ótima amostra de como pode se fazer algo interessante neste estilo sem que, para isso, soe maçante, presunçoso e antinatural.

Bem, está aí a mensagem. Enjoy it!


[last.fm]
| [myspace]





[2009] Extrasolar

01 - Bellerophon
02 - Mathuselah
03 - Osiris


[review in english]



[download]


ps: All the albums are for free.

3 comentários:

B. disse...

O Carlos falou muito bem, Coma Cluster soa bem natural e a atmosfera sonora evolui muito bem, e agora com essa review uniu o útil ao agradavel.

A propósito o ep Extrasolar é totalmente recomendavel.

void disse...

Kaim diz:
I'm downloading coma cluster from there now
Kaim diz:
I saw three words there in english
post rock, shoegazer, ambient
Kaim diz:
that was enough

lol

MishMog disse...

Lol, tags were enough for me to check this out also; guess that's one thing Kaim and I have in our blood^^ But the EP was good, though I really don't get the shoegaze nor ambient tags from it myself. Atmospheric, instrumental post-rock though, and Bellerophon was instant love, sounds like a beautiful sunset to me ;D